Receba as novidades exclusivas de nossa rede :)

Cadastre-se

A Igreja vive da Eucaristia

img

eucaristiaA Santa Eucaristia contém todo o bem espiritual da Igreja, o próprio Cristo, o Pão vivo. Através da Eucaristia, entramos em comunhão com Deus, com a Igreja e com nossos irmãos. A Eucaristia é o sacrifício do Corpo e do Sangue do Senhor Jesus, que Ele institui para que fosse celebrado até o fim dos tempos.

Nela se explicita o sacrifício de Cristo na Cruz, onde o Senhor se oferece por nossos pecados. Cada vez que se celebra uma Eucaristia é como se abrisse uma janela no tempo e se repetisse aquele ato de entrega de Cristo na Cruz.

Por isso, chamamos de memorial do sacrifício de Cristo, porque realmente aquele sacrifício se torna presente e atual sobre o altar de cada igreja, durante a Santa Missa.

A Eucaristia fortalece nossa fé, esperança e caridade, nos cobrindo com a graça que vem do alto e nos preparando para um dia chegarmos à vida eterna.

A Instituição da Eucaristia

Cristo a instituiu na Quinta-feira Santa “na noite em que ia ser entregue” (1 Cor 11,23), durante a Última Ceia que celebrou com os seus Apóstolos.

As palavras que Cristo pronunciou são as mesmas que o sacerdote pronuncia no momento da consagração: “Tomai todos e comei…”,“Tomai todos e bebei…”. Os três Evangelhos sinóticos e o apóstolo São Paulo relataram a instituição da Eucaristia. São João não a relata, mas apresenta Cristo como o Pão Vivo, que desceu do céu (ver Jo 6), fazendo uma alusão explícita ao sacramento.

Concluindo a consagração do pão e do vinho no seu Corpo e Sangue, Cristo diz: “Fazei isto em memória de mim”. Ele quer que esse sacrifício seja perpetuado até que Ele volte. Assim, em cada canto do mundo onde é celebrada uma Missa, Cristo se faz presente e os cristãos entram em comunhão entre eles (lembremos que a mesma liturgia é celebrada em todo o mundo).

 A Eucaristia é também expressão de unidade da Igreja.

Nomes e celebração da Eucaristia

Por ser imensamente rico, esse sacramento possui diversos nomes que expressam aspectos particulares. Os nomes mais comuns são: Eucaristia, Santa Missa, Ceia do Senhor, Fração do pão, Celebração Eucarística, Santo Sacrifício, Santa e Divina Liturgia, Santos Mistérios, Santíssimo Sacramento do Altar e Santa Comunhão.

Desde os inícios, os discípulos já se reuniam para a “fração do pão”. São Justino Mártir no século II já descrevia na celebração da Eucaristia dois elementos essenciais que perduram até os dias de hoje: a Liturgia da Palavra e a Liturgia Eucarística. Durante a Santa Missa, os fiéis se alimentam do Pão da Palavra e do Pão da Eucaristia.

Muitos cristãos foram martirizados porque foram encontrados celebrando a Eucaristia. Hoje em dia ainda existem mártires da Eucaristia.

Por que eles morriam felizes? Porque encontravam nela o sentido de suas vidas. Hoje em dia é triste constatarmos que a diferença entre os que se dizem católicos e os que participam da Santa Missa nos domingos é imensa. Talvez nos falte compreender melhor a centralidade da Eucaristia em nossas vidas. A Eucaristia é o coração da Igreja: a Igreja vive da Eucaristia.

Adoremos o Santíssimo Sacramento, guiados por Maria

Outra forma de se celebrar a Eucaristia é a adoração ao Santíssimo Sacramento. Após a consagração, o Santíssimo é reservado no sacrário. A prática da adoração ao Santíssimo (em especial quando ele é exposto) é fonte de graça e aumenta em nós a amizade com Cristo, fazendo com que nossa vida seja cada dia mais plena.

Muitas vezes conversamos com várias pessoas para tentar solucionar os nossos problemas, ou para encontrarmos luz para a nossa vida. Por que não conversar com Jesus, que nos conhece melhor que ninguém e tem o poder de nos fortalecer? Ele nos acompanha sempre. Ele mesmo nos pede para irmos ao seu encontro (ver Mt 11, 28-29).

Adoremos a Jesus Sacramentado, conduzido por Maria, a “mulher eucarística”. Participemos da Santa Missa. A Missa é o coração do domingo.

Por A12

Leia também:

Eucaristia: memorial do Senhor.
O que é a Eucaristia?
Os benefícios da Eucaristia para a vida interior.
10 ensinamentos dos Santos sobre a Eucaristia.
Doze ensinamentos de s. Pedro Julião Eymard sobre a Eucaristia.
A Eucaristia faz a Igreja Comunidade de amor.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *