Eis um breve relato de algumas visões do padre Réus, com relação à maravilhosa realidade sobrenatural a Santa Missa, a qual, por esta razão, costumava chamar de: “A Festa do Céu”.

Eis pois, o que lhe era dado ver: “Nossa Senhora convida todo o paraíso para participar da Santa Missa, e todos os anjos e santos a seguem em maravilhoso cortejo até o altar. Os santos formam um semi-círculo atrás do altar.

Lá chegando, estes anjos se colocam atrás dos santos. Outra multidão de anjos cerca a igreja e cobre os fiéis, impedindo a aproximação dos demônios durante a Santa Missa, em honra à majestade de Nosso Senhor Jesus Cristo.

– A virgem Santíssima está sempre junto do celebrante, do lado do altar onde é servida a água e o vinho, e onde são lavadas as mãos do sacerdote. É a própria Mãe de Jesus que serve o celebrante e lava as mãos. Entre Nossa Senhora e o celebrante está sempre São João Evangelista. Do outro lado do sacerdote, para celebrar, é convidado o santo do dia.

– Todas as almas do purgatório também são convidadas pela virgem Maria e permanecem durante toda a Santa Missa aos pés do altar, entre o celebrante e os fiéis. Conta o padre Réus que ele via as almas do purgatório em verdadeira festa quando eram convidadas para a Missa, é para elas a maior alegria, o maior consolo, a grande esperança de libertação. Padre Réus via uma chuva caindo sobre o purgatório durante toda a Missa.

– No momento sublime da consagração, quando estas almas vêem Nosso Senhor Jesus Cristo em Corpo, Sangue, Alma e Divindade, sentem um desejo incontrolável de sair daquelas chamas e se atirarem em seus braços, mas não conseguem, por não estarem ainda purificadas.

– Após a consagração, acontece a libertação do Purgatório das almas que já tingiram a purificação, Nossa Senhora estende as mãos a cada uma delas e diz: “Minha filha, pode subir”.

– No momento da oração da Paz, os anjos saúdam as almas libertadas do Purgatório, abraçando-as. É um momento de imensa alegria e beleza. Em seguida, estas almas, resplandecendo com uma beleza indescritível, com os anjos, são introduzidas triunfantes no Paraíso, por uma multidão de anjos ao som de músicas e cantos celestiais. A Missa é a renovação do sacrifício de Cristo na Cruz. É o mais importante ato que podemos participar.

– Na comunhão recebemos em nosso coração o Senhor Jesus.

São 4 os Fins principais da Missa:

Dar culto de adoração ao Pai;
Agradecer os benefícios recebidos;
Pedir perdão dos pecados cometidos;
Implorar seus dons, graças e benefícios.

A Eucaristia – Valor da Santa Missa

Na hora da morte, as Missas que houverem assistido serão a tua maior consolação.
Toda Missa implora o teu perdão junto a Justiça Divina.

Em toda Missa podes diminuir a pena temporal devida aos teus pecados, e diminuí-las mais ou menos conforme o teu fervor.

Assistindo com devoção á Missa, prestas a maior das honras á Santa humanidade de Jesus Cristo.

Ele se compadece de muitas da tuas negligências e omissões.

Perdoa-te os pecados veniais não confessados, dos quais porém te arrependestes.
Diminui o império de Satanás sobre tí.

Sufraga as almas do purgatório da melhor maneira possível. Uma só Missa a que houveres assistido em vida, será mais concreta que muitas outras assistidas por tí depois de tua morte, pois pela Missa participas da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo.

A Quem Amamos – (Vida e Conhecimento)

Esta historia é sobre um soldado que finalmente estava voltando para casa, após a terrível guerra do Vietnã.

Ele ligou para seus pais, em São Francisco, e lhes disse:

– Mãe, Pai, eu estou voltando para casa, mas, eu tenho um favor a lhes pedir.

– Claro meu filho, peça o que quiser!

– Eu tenho um amigo que eu gostaria de trazer comigo.

– Claro meu filho, nos adoraríamos conhece-lo!

– Entretanto, ha algo que vocês precisam saber. Ele foi ferido na ultima batalha que participamos.

Pisou em uma mina e perdeu um braço e uma perna.

O pior é que ele não tem nenhum lugar para onde ir.

Pôr isso, eu quero que ele venha morar conosco.

– Eu sinto muito em ouvir isso filho, nós talvez possamos ajudá-lo a encontrar um lugar onde ele possa morar e viver tranqüilamente!

– Não, eu quero que ele venha morar conosco!

– Filho, disse o pai, você não sabe o que está nos pedindo.

Alguém com tanta dificuldade, seria um grande fardo para nós.

Temos nossas próprias vidas e não podemos deixar que uma coisa como esta interfira em nosso modo de viver. Acho que você deveria voltar para casa e esquecer este rapaz. Ele encontrará uma maneira de viver pôr si mesmo… Neste momento, o filho bateu o telefone. Os pais não ouviram mais nenhuma palavra dele. Alguns dias depois, no entanto, eles receberam um telefonema da policia de São Francisco. O filho deles havia morrido depois de ter caído de um prédio.

A policia acreditava em suicídio.

Os pais angustiados voaram para São Francisco e foram levados para identificar o corpo do filho. Eles o reconheceram, mas, para o seu horror, descobriram algo que desconheciam: o filho deles tinha apenas um braço e uma perna.

Achamos fácil amar aqueles que são bonitos ou divertidos, mas, não gostamos das pessoas que nos incomodam ou nos fazem sentir desconfortáveis.

De preferência, ficamos longe destas e de outras que não são saudáveis, bonitas ou “espertas” como nós acreditamos que somos. Ainda bem que existe alguém que não nos trata assim. Alguém que nos ama com um amor incondicional, que nos acolhe dentro de uma só família. Esta noite, antes de nos recolhermos, façamos uma pequena prece para que DEUS nos de a forca que precisamos para aceitar as pessoas como elas são, e ajudar a todos, a compreender aqueles que são diferentes de nos.

Há um milagre chamado AMIZADE, que mora em nosso coração. Você não sabe como ele acontece ou quando surge. Mas, você sabe que este sentimento especial aflora Aí você percebe que a AMIZADE e o presente mais precioso de Deus. Amigos são como jóias raras. Eles fazem você sorrir e lhe encorajam para o sucesso. Eles nos emprestam um ouvido, compartilham uma palavra de incentivo, e estão sempre com o coração aberto para nos.

Leave a Comment