Receba as novidades exclusivas de nossa rede :)

Cadastre-se

Confira o kit especial que preparamos para o mês vocacional!

img

A vocação à vida é o chamado que precede todos os demais. Deus, em seu infinito amor, modelou o homem e a mulher à sua imagem e semelhança, os chamou à vida, para que, na liberdade de filhos e filhas, fossem continuadores/as da sua criação.

Em um artigo o Pe. Paulo Ricardo fala sobre o valor da vocação. Veja um trecho abaixo:

Nos campos de concentração nazistas, onde o ser humano era reduzido a uma existência deplorável, Viktor Frankl descobriu algo importante: o homem, quando possui uma razão para sua vida, é capaz de suportar as piores dores e humilhações. Isso explica o porquê de tantas pessoas, mesmo sob difíceis condições, entregarem-se a uma vocação, cujos resultados nem sempre são o dinheiro ou o prazer, mas a chacota e a incompreensão da sociedade.

Quem se dedica a uma vocação — seja ao sacerdócio ou à vida religiosa, seja ao matrimônio ou ao celibato laical —, dedica-se a um chamado interior. Não se trata de uma escolha arbitrária, pautada em interesses econômicos ou sentimentais. É, antes, uma entrega total, uma resposta ao projeto de Deus para aquele indivíduo. Por isso, no exercício de sua vocação, ele não procurará tanto o sucesso pessoal — embora isso também possa existir —, mas a perfeita realização de seu chamado.

Diante das provações do mundo, é preciso coragem para assumir o chamado de Deus. Meditemos sempre nesta exortação de um santo que muito pregou sobre vocação: “Por que não te entregas a Deus de uma vez…, de verdade…, agora!?” (São Josemaria Escrivá, Caminho, n. 902).

E para celebrar o mês das vocações o Clube do Livro trás dois livros incríveis para a sua formação.

VOCAÇÃO
Todos os cristãos são chamados à santidade, mas nem todos chegam ao Céu pelo mesmo caminho. A uns Deus chama à vida consagrada, a outros ao celibato laical, a outros ao sacerdócio, a outros ao matrimônio…

Mas essas vocações «grandes» são também feitas de outras, «pequenas». Cada instante da vida nos exige uma resposta. É um chamamento de Deus, uma «vocação». Sim, há na vida os chamamentos «decisivos», de longo alcance, mas os de curto prazo não devem ser desprezados. Antes, são os «sinais» que Deus põe no percurso para que não percamos o rumo.

Se quisermos ser capazes de enxergar esses sinais, precisamos manter bem abertos os olhos da alma, a consciência. Se quisermos ser capazes de responder ao que Deus nos pede, precisamos confiar plenamente nEle, que como Pai amoroso jamais nos pedirá algo além das nossas forças e deseja somente a nossa felicidade.

ANUNCIAR O EVANGELHO – MENSAGENS AOS CATEQUISTAS
A Editora Ecclesiae espera ajudar os católicos brasileiros a conhecer melhor o Papa Francisco através dos pensamentos do então Cardeal Jorge Mario Bergoglio. Neste livro, reunimos as suas homilias reunimos as suas homilias e alguns dos seus ensinamentos dirigidos especialmente aos catequistas; a ele, diz o Cardeal Bergoglio, a “Igreja reconhece uma forma de ministério que, ao longo da história, permitiu que Jesus fosse excludente, mas de forma privilegiada; a Igreja reconhece nessa porção do Povo de Deus a cadeia de testemunhos de que nos fala o Catecismo da Igreja Católica: ‘Cada crente é como um elo na grande corrente dos crentes. Não posso crer sem se carregado pela fé dos outros, e pela minha fé contribuo para carregar a fé dos outros‘”.

 

E ainda tem um presente lindo preparado especialmente para você <3

Inscreva-se hoje mesmo e receba em sua casa um excelente material de formação!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *