Material necessário:
9 envelopes (pode fazer com sulfites – precisa de um envelope grande para colocar todos os outros dentro, os demais serão colocados um dentro do outro). Exemplo de tamanhos:
1 envelope de 25 cm (guardas – nº 5)
2 envelopes de 11 cm (selo – nº 4 e 6)
2 envelopes de 9 cm (pedra – nº 3 e 7)
2 envelopes de 7 cm (túmulo – nº 8 e 2)
2 envelopes de 5 cm (lençóis de linho – nº 9 e 1)

1 folha impressa. De um lado da folha, Jesus crucificado e do outro lado, Jesus ressuscitado

Sugestão de leitura: Evangelho Mt 28,1-10

Preparação: Escreva nos envelopes as palavras, conforme sugerido no esquema, no envelope de 25 cm escreva: GUARDAS, nos envelopes de 11 cm escreva SELO, nos envelopes de 9 cm escreva PEDRA, nos envelopes de 7 cm escreva TUMULO e nos envelopes de 5 cm escreva LENÇÓIS DE LINHO.

Lembre-se que cada par precisa ser idêntico.

Antes do encontro coloque o envelope 9 dentro do 8, o 8 dentro do 7, o 7 dentro do 6 e o 6 dentro do 5.

Os envelopes de 1 a 4 serão usados durante o encontro. Atenção, não coloque número nos envelopes, a numeração acima é apenas para a sua orientação.

Coloque sobre uma mesa, em ordem: a moeda, e os envelopes 1, 2, 3, 4 e 5.

Apresentação da Dinâmica:
Depois que Jesus foi crucificado, um amigo chamado José, que era da cidade de Arimateia, enrolou o Seu corpo em lençóis de linho limpos (mostre para as crianças a imagem de Jesus crucificado, nesse momento, pode enfatizar o sofrimento que Jesus passou para nos salvar, mas cuidado para não mostrar o outro lado da folha com a imagem de Jesus ressuscitado). Coloque a folha impressa de Jesus crucificado no envelope 1.

José de Arimatéia levou o corpo de Jesus e colocou-o em seu próprio túmulo. (Coloque o envelope 1 dentro do envelope 2).

Ele rolou uma grande pedra para fechar a entrada do túmulo. (Coloque o envelope 2 dentro do 3).

Com a permissão de Pilatos, os fariseus selaram a pedra. (Coloque o envelope 3 dentro do 4).

Pilatos ordenou que alguns soldados guardassem o túmulo. (Coloque o envelope 4 dentro do 5). Não deixe as crianças perceberem que já havia algo dentro do envelope 5.

No primeiro dia da semana, houve um grande tremor de terra e os guardas ficaram como mortos (sem que as crianças percebam a troca, retire o envelope 6 de dentro do 5).

O selo estava rompido (retire o envelope 7 do 6).

O anjo havia rolado a pedra (retire o envelope 8 do 7).

Pedro e João vieram correndo. Pedro entrou no túmulo (retire o envelope 9 do 8).

Ele viu os lençóis de linho, mas o corpo de Jesus não estava mais lá (mostre para as crianças o envelope 9 vazio).

Neste momentos algumas crianças poderão ficar espantadas que a imagem sumiu, outras questionar onde esta a imagem, outras dizer que é um truque, e o outro está no envelope.

Então continue a história, dizendo que quando chegaram onde Jesus foi sepultado, ele não estava mais lá. Retire o outro envelope que foi colocado com a imagem, narrando que todos os discípulos, assim como eles, ficaram espantados que a imagem sumiu, eles diziam, (reabrindo os outros envelopes) “mas ele foi sepultado, como pode ter sumido?” Até que um dia eles estavam todos reunidos em um local com as portas fechadas e Jesus apareceu para eles.

Então pegue a imagem do envelope e apresente Jesus ressuscitado para os pequenos.
Converse com as crianças sobre como compreendem a ressurreição, e como sentem a presença de Jesus, pois Jesus está vivo, no meio de nós.

Via: Catequese Católica

Leave a Comment