Estimados catequistas, esta nossa reflexão é sobre a escola, lugar muito importante para a vida de cada ser humano. É na escola que iniciamos uma bonita viagem ao longo de nossa vida: a descoberta do mundo, das pessoas e de si mesmo. A educação é um processo de troca e à medida que este processo vai sendo concretizado, cada um, educadores e educandos vão realizando uma das ativi-dades humanas mais interessantes: o aprendizado.

São muitos os problemas que envolvem nosso sistema educacional, mas não podemos deixar de parabenizar os educadores pela garra e amor no cumprimento de sua vocação.

Entre outras coisas que aprendemos ao longo da permanência na escola, a cidadania é algo de grande valor, principalmente nos tempos atuais em que predomina certo individualismo. Nossos pequenos catequizandos são bombardeados constantemente com esses contra-valores e isso interfere muito no aprendizado daquilo que é valor para sua vida e para a sociedade.

Se quisermos ter uma sociedade melhor, temos que lutar para que a educação no Brasil seja sempre prioridade entre todos os projetos políticos e governamentais.

Minha sugestão neste mês é uma excursão do grupo de catequese por uma escola do bairro para conhecer a realidade, os problemas mais difíceis. Poderão conversar com os colegas, os funcionários, os professores e a própria direção da escola. Se alguém puder levar câmera fotográfica podem fotografar alguma parte da escola. Após a visita, sugiro que realize a dinâmica abaixo:

Material:Cartolina, gravuras, cola, para confeccionar alguns cartazes.

Atividade:1. Dividir as crianças e adolescentes em grupos menores. Pedir que eles conversem sobre a sua escola. Quais os problemas e como fazer para resolvê-los;

2. Cada grupo deverá fazer um cartaz sobre o problema que acha maior lá na escola;

3. Determinar um tempo para a realização da atividade e em seguida cada grupo apresenta seu cartaz e comenta com os demais colegas.

Diálogo:
Depois que cada grupo apresentar seu cartaz, o catequista comenta os trabalhos e os problemas levantados. É muito importante que os catequizandos participem ativamente nesse diálogo:

• Quem deveria resolver esses problemas?

• Será que as crianças da escola não podem fazer alguma coisa para melhorar a escola? São elas que sujam e tornam o ambiente desagradável.

• O que os alunos fazem para conservar limpos o banheiro, o pátio, a sala de aula?

• O que podemos fazer? (Campanha de limpeza nas salas, não jogar papel no chão; levar esses cartazes que fizemos e afixá-los no mural ou nas salas de aula, plantar árvores, criar hortas etc.).

Momentos de silêncioUnidos podemos conseguir aquilo que, por justiça, já deveríamos ter. Temos direito de ter escolas boas. Se não temos, podemos exigir. Podemos, principalmente, colaborar para melhorar as condições da Escola. Agradecer a Jesus pela nossa escola, pêlos professores e funcionários.

Pe. Jorge Paulo da Silva Sampaio
Santuário Nacional de
Nossa Senhora Aparecida

Leave a Comment