Vamos avançando em nosso curso. Vou dar uma dica: não adianta ficar só no contexto, temos que ir ao texto. Por isso, devemos ler o livro bíblico também, se estou refletindo sobre o livro do Gênesis, tenho que lê-lo. Desta forma, estaremos fazendo um belo trabalho. Neste encontro vamos percorrer o livro do Êxodo, que se localiza no Pentateuco, e é o segundo livro da Torá.
A palavra êxodosignifica saída. O livro tem esse nome porque começa narrando a saída dos hebreus da terra do Egito, onde eram escravos.
Quem desconhece a mensagem do Êxodo jamais entenderá o sentido de toda a Bíblia, pois a ideia que se tem de Deus, tanto no Primeiro como no Segundo Testamento, está fundamentada nesse livro. Com efeito, sua mensagem central é a revelação do nome do Deus verdadeiro: JAVÉ. Embora de origem discutida, no Êxodo esse nome está intimamente ligado à libertação da opressão do Egito. Javé é o único Deus que ouve o clamor do povo oprimido e o liberta, para com Ele estabelecer uma relação de Aliança e dar leis que transformam as relações entre as pessoas, fundando uma comunidade de onde é assegurada a vida, a liberdade e a dignidade. Assim, o homem só estará nomeando o verdadeiro Deus, se o considerar efetivamente como o libertador de qualquer forma de escravidão, e se colocar a serviço da libertação em todos os níveis de sua vida. Só Javé é digno de adoração. Qualquer outro deus é um ídolo, e deve ser rejeitado. Percebemos aí um convite a escolher entre Deus e os ídolos, escolha que leva a viver na liberdade ou, pelo contrário, a cultuar e servir toda forma de opressão e exploração.
A pergunta fundamental do livro do Êxodo é a seguinte: “Qual é o verdadeiro Deus?” A resposta que nele encontramos é a mesma que a parece em toda a Bíblia, e principalmente na pregação, atividade e pessoa de Jesus. O livro do Êxodo é, portanto, de suma importância para entendermos o que significa Jesus como Filho de Deus e para sabermos o que é o Reino de Deus. Sem este livro, a Bíblia perderia o seu ponto de partida para nos levar até Jesus Cristo e podermos com Ele construir o Reno e sua justiça.
Amigos Catequistas, a Palavra de Deus nos purifica a cada encontro e experiência. Desejo a todos muita força na caminhada e que neste Advento possamos construir uma manjedoura de amor, paz e esperança.
Encontramo-nos na oração e na Eucaristia.
Org. sem. Alex Sandro Serafim.
Questões para reflexão:
O que significa “êxodo”?
Qual o centro do livro do Êxodo?
Qual é a importância do livro do Êxodo?
Ler e comentar Ex 3,1-22.

Leave a Comment