Igreja se prepara para o sínodo dos jovens em 2018

img

Em 2018 a atenção da Igreja vai estar principalmente nos jovens. Depois do sínodo para as famílias, agora bispos querem compreender melhor quais são os desafios da juventude. Claro, também ficar mais próxima.

Juventude GIF - Find & Share on GIPHY

A 15ª Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos foi convocada pelo papa Francisco para outubro de 2018. A reunião de bispos de todo o mundo terá como temática central a juventude: “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”. O documento preparatório para assembleia sinodal foi apresentado no Vaticano, no dia 13 de janeiro. Um dos objetivos do texto é encontrar as melhores maneiras para acompanhar os jovens a reconhecer e acolher o chamamento à vida plena e anunciar o Evangelho de maneira eficaz.

O texto está organizado em três partes: “Os jovens no mundo de hoje”, “Fé, discernimento, vocação” e “Ação pastoral”. Ele é direcionado ao Sínodo dos Bispos, ao Conselho das Igrejas Orientais Católicas, às Conferências Episcopais, à Cúria Romana e à União dos Superiores Gerais.

Na carta de divulgação, o papa diz a juventude: “Não tenhais medo de escutar o Espírito que vos sugere escolhas ousadas”. Francisco também recordou uma das palavras de Jesus aos discípulos, que lhe perguntavam: “Rabi, onde moras?”. Ele respondeu: “Vinde e vede!”. “Jesus dirige o seu olhar também a vós, convidando-vos a caminhar com Ele, destacou o pontífice”.

Assim como aconteceu no Sínodo da Família, na fase de consulta ao povo de Deus, haverá questionário e consulta online aos jovens do mundo inteiro que poderão responder sobre suas expectativas e vida. Também haverá perguntas específicas e divididas por continente.

Em entrevista ao L’Osservatore Romano, o secretário-geral do Sínodo, cardeal Lorenzo Baldisseri, disse que o Sínodo da Juventude tem uma correlação com o da Família, realizado em 2014/2015, que culminou na exortação apostólica pós-sinodal Amoris Laetitia, do Papa Francisco, sobre o amor na família. “A centralidade da alegria e do amor, várias vezes destacada no texto, refere-se claramente à Evangelii gaudium e à Amoris laetitia.

De acordo com a Santa Sé, a finalidade do Sínodo 2018, é “acompanhar os jovens no seu caminho existencial rumo à maturidade, para que, através de um processo de discernimento, possam descobrir o seu projeto de vida e realizá-lo com alegria, abrindo-se ao encontro com Deus e com os homens, participando ativamente da edificação da Igreja e da sociedade”.

De Rádio Vaticano

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *