O episódio da traição de Judas é muito triste, pois parece inconcebível que alguém que conviveu com Jesus durante três anos, presenciou Seus milagres e ouviu Suas pregações pudesse traí-Lo.

Parece que Judas esperava um reino glorioso neste mundo onde ele teria um cargo de confiança do Senhor Jesus, seria uma pessoa importante e ficaria rico. Quando viu que Jesus falava que “Seu reino não era deste mundo”, Judas se decepcionou. Parece que o dinheiro era muito importante para ele (Jo 12:3-6).

No fim, as trinta moedas de prata que ganhou com a traição atormentaram Judas, levando-o ao suicídio.
Cuidado, porque a Bíblia nos alerta que “o amor ao dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores” ( 1 Tm 6:10).

Ler: Mateus 26: 14-16; 47-56; Marcos 14: 43-50.

Versículo para DECORAR: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua família”. Atos 16:31.

Objetivo: Saber que os amigos são importantes e que devemos ser leais a eles.

Introdução: Alguma vez um amigo que sempre brincava com você, tomava lanche na sua casa, ficou de mal e não quis mais conversar com você? Isso é o que nós chamamos de traição. Jesus também teve um amigo que o traiu. Lembram que quando Jesus estava participando da última ceia ele disse que um daqueles amigos que estavam ali iria traí-Lo?

Desenvolvimento: Contar sobre Mateus 26: 14-16; 47-56; Marcos 14: 43-50.

Conclusão: Que coisa terrível para Jesus – ser traído pelo próprio amigo! Se você tem um amigo, não estrague essa amizade. Não fale mal dele para outro coleguinha, nem fique com raiva e sem falar com ele. Seja um bom amigo, porque nós precisamos uns dos outros.

Por: Alessandra Vasques

Leave a Comment