A brincadeira para catequese da mímica divina é muito divertida e pode ser realizada em vários tipos de ocasiões, seja para quebrar o gelo antes da aula de catecismo ou para integrar os participantes.

Objetivo da atividade: Utilizar a linguagem corporal e a comunicação gestual para encenar algumas passagens bíblicas ou atos ecumênicos realizados durante a missa, os sacramentos, integrar os participantes, quebrar o gelo, promover o relacionamento interpessoal.

Número de participantes: 5 mínimo, 30 máximo.

Material: de 20 a 30 fotografias ou desenhos que representem alguma passagem bíblica, algum ato ecumênico, alguma coisa realizada durante a missa, algum sacramento, qualquer representação gráfica que passe a idéia ao participante para que através da mímica ele possa passar a mensagem para os demais descobrirem o que é.

Como fazer a brincadeira: Pode ser realizada de duas maneiras.

Primeira opção: O coordenador de posse das imagens as embaralha e escolhe 4 participantes, um deles irá escolher uma imagem todos, inclusive o coordenador irão encenar através de mímicas a mensagem que a imagem está passando para que os demais participantes possam opinar até que alguém descubra o que é. Deve se estipular um tempo de 1 minuto para cada imagem, se as pessoas não descobrem escolhe outra imagem e começa novamente a encenar, tem que ser bem rápido, bem dinâmico, mesmo quando descobrem antes de 1 minuto não deve parar, já se pega outra imagem e continua. Cada grupo de 4 ou 5 pessoas escolhidos pelo coordenador encenam 5 mímicas e por se tratar de uma mímica não vale falar, somente utilizar gestos.

Segunda opção: O coordenador escolhe 1 participante e pede que ele retire uma imagem e que a encene sozinho através de mímicas para que os participantes descubram o que é, o tempo é o mesmo, 1 minuto. Assim que alguém descobrir ou o tempo terminar é chamada uma nova pessoa e a brincadeira começa, assim por diante para que todos participem.

Conclusão: No final da atividade de catequese o coordenador deve explicar a importância da comunicação entre as pessoas para que cada um possa expressar aquilo que sente de forma clara e da mesma maneira tenham a perspicácia de entender através dos gestos ou atitudes dos amigos o que eles estão pensando, sentindo naquele momento. As vezes as pessoas não conseguem expressar seus sentimentos com palavras mas seus gestos e atitudes falam mais e podem ser interpretados por seus amigos que sabendo ler os sinais podem dar conselhos, uma palavra amiga.

Por: Ivan Bottion

Leave a Comment