Receba as novidades exclusivas de nossa rede :)

Cadastre-se

O Coroinha na Missa

O Coroinha na Missa

Entrada
* A cruz entra na frente. Os outros coroinhas entram de dois em dois.

* Chegando à frente do presbitério, a cruz faz reverência e os coroinhas, genuflexão.

* Caso algum coroinha este a levando algum objeto, como o missal, este faz reverência.

* No Tempo Pascal, costuma-se levar o Círio Pascal. Este é levado por um ministro.

* Depois da genuflexão, todos vão para os seus lugares.

Intenções
* Dois coroinhas devem buscar as intenções.

* Eles devem fazer reverência diante do sacrário e então ir buscar as caixinhas.

* Ao voltar, devem esperar na frente do presbitério até o padre falar “oremos”, então colocam as caixinhas sob o altar.

* Depois fazem reverência novamente diante do Sacrário.

* Geralmente, deve-se ir buscar as intenções quando começa o Hino de Louvor (Glória), mas na Quaresma (os 40 dias antes da Páscoa) e no Advento (as 4 semanas antes do Natal), deve-se ir quando começa o Ato Penitencial, pois não há Hino de Louvor.

Missal e microfone
* Caso se a responsabilidade dos coroinhas segurar o missal e o microfone para o padre, estes devem, pouco antes do “oremos” dirigir-se para perto do padre. Quando ele disser “oremos”, o missal e o microfone devem ir até o padre.

Ofertório
* Durante as últimas Preces da Comunidade, os coroinhas devem ir passando de dois em dois para a sacristia.

* Deve-se começar a levar os objetos para o altar após o “amém” da comunidade, depois das preces. Leva-se o cálice e as âmbulas sobre o altar. As tampas das âmbulas devem ser colocadas sobre o altar-mor, pouco para o lado do sacrário.

* As galhetas devem ser levadas para o padre quando este, com o cálice na mão, se virar em direção à sacristia. A mesma coisa com o lavabo.

Sinetas
Depois do ofertório, durante a oração eucarística, quando o padre diz “an os e santos”, os dois que vão bater os sinos vão pegá-los, quando começa o “Santo”, os coroinhas descem em fila, com os dois sineteiros no meio. Deve-se deixar um espaço entre os sineteiros.

* Chegando, faz-se reverência. Bate-se o sino quando o padre impõe as mãos sobre as oferendas, quando ergue a Hóstia e quando ergue o cálice. Depois da resposta para “eis o mistério da fé”, faz-se reverência e retorna-se ao lugar.

Patenas
* Durante o abraço da paz, um coroinha deve buscar as patenas e durante o “Cordeiro de Deus”, deve retornar e distribui-la. Depois do “eu não sou digno de que entreis em minha morada…”, os coroinhas passam para a frente do altar, ladeando-o. Então, quando os ministros descerem para a assembléia, os coroinhas vão unto. Fica-se sempre do lado mais externo e a mão que fica para o lado do altar deve ir unto ao coração. A patena deve estar sempre debaixo da hóstia, na posição horizontal.

* Depois deve-se levar as patenas para purificar.

Saída
Durante a saída, faz-se uma fila na frente do altar-mor, para fazer a genuflexão e sair para a sacristia.

 

Via Coroinhass.p.a

1 Comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *