Os Sacramentos da Iniciação Cristã

0 874
Seção: Atividades, Pré-Catequese Autor: Comentários: 2

Compartilhe

No encontro anterior, vimos que os Sacramentos acompanham toda a nossa vida cristã, dando à fé do cristão origem e crescimento, cura e missão.
Os sete Sacramentos são agrupados por sua finalidade:
- Sacramentos de Iniciação Cristã
- Sacramentos de Cura
- Sacramentos de Serviço e Comunhão

Os Sacramentos de Iniciação Cristã são: Batismo, Crisma e Eucaristia. Por eles, são lançados os fundamentos de toda a vida cristã.

O Batismo é o primeiro Sacramento que recebemos, é o Sacramento que nos dá a Vida Nova e nos torna participantes da Vida de Deus: a Vida da Graça, que foi perdida por causa do pecado original.
Na água e no Espírito Santo, recebemos o Dom da vida nova. Aquele que é mergulhado nas águas do Batismo, ressuscita com Cristo para uma vida nova.
O Batismo apaga o pecado original e qualquer outro pecado atual, se houver, e nos faz renascer, não como simples criaturas de Deus, mas como filhos adotivos de Deus.
Os homens todos são criaturas de Deus, os batizados são filhos. Herdeiros do Céu.

"Quem não renascer da água e do Espírito não poderá entrar no Reino de Deus" (Jo 3,5)

O padre batiza, derramando água na cabeça do batizando, como sinal de fonte de Graça.
E pronuncia a forma do Batismo: "Eu te batizo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo."
O Batismo nos torna: Filhos de Deus, Irmãos de Jesus, Membros da Igreja, Morada do Espírito Santo, Herdeiros do Céu!

(Clique aqui e veja uma sugestão de dinâmica sobre o Batismo)

Mas ninguém pode se tornar cristão sem realizar sua parte, dando uma resposta pessoal a Cristo. A vida cristã deve crescer. Nossa opção de viver e trabalhar com Cristo deve ser acolhida e confirmada por Deus Pai com a força do Espírito Santo e dos seus dons. Por isso, o cristão também recebe o Sacramento da Crisma.

A vida é um desafio constante. A sociedade em que vivemos exige uma grande coerência da nossa parte: violência, drogas, consumismo, ansiedade, emprego, estudo, namoro, família... Muitas vezes passamos por momentos de medo, de dúvida, e somos tentados a nos fechar em nós mesmos.
Nós não somos melhores que os primeiros discípulos de Jesus que, na hora de sua paixão fugiram e abandonaram-no. Nós também somos fracos e covardes.
Mas o Espírito Santo do Senhor não nos deixa sozinhos. A sua presença e a sua força nos dão a capacidade de amar como Jesus, de ter os seus sentimentos e até de sofrer por causa de Cristo.
Por isso, no dia da Confirmação, o Bispo impõe as mãos sobre os crismandos, e depois, com o óleo da Crisma, ele unge a testa do crismando e pronuncia a forma da Crisma: "Recebe por este sinal o Dom do Espírito Santo". Todos esses sinais nos dão a força para testemunhar os valores cristãos em nosso mundo. O Espírito Santo nos dá a Graça dos seus sete dons:



O crescimento em Cristo encontra seu ponto culminante na Eucaristia.
A Eucaristia é o grande sacramento do amor de Deus que quer estar intimamente unido a cada um de nós. Pela Eucaristia, instituída na última ceia, Jesus nos dá seu corpo e sangue como alimento espiritual, para nos manter na graça e nos fazer participantes da vida divina.
Eucaristia é ação de graças a Deus. Um grande "muito obrigado" por tudo o que Deus fez por nós: criação, salvação e santificação. Através da participação na Missa e na comunhão eucarística aprendemos a fazer da nossa vida um Dom de amor a Deus e aos irmãos, a exemplo de Jesus.

No encontro de hoje, percebemos que o Batismo, a Crisma e a Eucaristia são sacramentos intimamente ligados entre si. Constituem, na verdade, três etapas de um único caminho de fé e vida, através do qual a Igreja introduz os fiéis no mistério pascal de Cristo, tornando-os novas criaturas, filhos de Deus, membros vivos de seu povo santo. Por isso são chamados de Sacramentos da Iniciação Cristã.
Nos primeiros séculos da Igreja, a admissão a estes sacramentos se fazia através de um caminho crescente de conversão, através da escuta da Palavra de Deus e à docilidade ao Espírito. Exigia-se também, uma forte participação na vida de oração e nas obras de caridade da comunidade.

Ainda nos dias de hoje, a catequese de Iniciação Cristã se propõe a atingir este objetivo: ajudar os cristãos a viverem plenamente sua opção por Cristo e pela Igreja, tornando-os capazes de testemunhar sua fé diante de todos.



Você se sente mais preparado para esta missão?

Celebrando

Catequista: Os sacramentos da Iniciação são o fundamento da vida cristã. Aquele que se reconhece filho de Deus, procura demostrar sua fé, através de uma vida coerente e cheia de amor. Vamos rezar juntos esta oração, que traz algumas das atitudes do cristão, amigo de Deus.

Partir o pão
Uns para os outros,
Partilhar uns com os outros,
Ouvirem-se uns aos outros,
Aproximarem-se uns dos outros,
Das as mãos,
Abraçarem-se,
Fazer o que Ele nos fez.
Amém.


Atividades

1) Vamos criar uma expressão corporal partindo do texto acima?

2) Caça-Dons: com o sacramento da Crisma recebemos os 7 dons do Espírito Santo. Procure-os no caça-palavras:



3) Lendo a Bíblia, procure as passagens a seguir e veja o que Jesus nos diz sobre o Batismo:
a) Jo 3,5
b) Mt 28,19

4) Preencha a ficha a seguir, se você não conseguir peça ajuda a seus pais:



5) Vamos partilhar: você já testemunhou sua fé em alguma situação?

6) Cartaz: Os primeiros passos
Fundamentação: Catecismo da Igreja Católica 1212.
Preparação: fazer placas com as palavras-chave dos sacramentos da iniciação cristã e escondê-las previamente no local do encontro. Levar cartolina e durex para compor o cartaz.
Atividade: o catequista explica que escondeu previamente no local do encontro pequenas placas com os nomes dos três sacramentos da iniciação cristã, outras três com os nomes de elementos essenciais para a celebração destes sacramentos e mais três com as características de cada um deles. Pedir que os catequizandos localizem as placas e retornem aos seus lugares. O catequista vai chamando, um a um, daqueles que encontraram as placas, a completarem o mural-síntese dos sacramentos da iniciação cristã. Enquanto vai colando as placas no cartaz, faz uma revisão do que já foi aprendido.



Sugestão: pode-se também fazer a dinâmica do Jornal Falado:
Formar três sub-grupos: Batismo, Crisma e Eucaristia.
O Catequista orienta que o grupo deverá organizar as idéias principais sobre o sacramento determinado, transformaá-las em notícias e fazer uma apresentação em forma de um criativo telejornal para o restante do grupo.
Oração final: cada sub-grupo pode fazer uma oração espontânea, agradecendo a Deus pelo sacramento que foi trabalhado na dinâmica.

Redação

O site e a revista digital Sou Catequista é um projeto da agência Minha Paróquia para a formação e interatividade entre os catequistas do Brasil e países de língua portuguesa. Saiba mais: http://soucatequista.com.br/quem-somos

Veja a lista de artigos publicados por Redação

Queremos saber a sua opinião! Deixe aqui o seu comentário:

  • http://Site Isabel Cristina

    Parabens pela forma simples e completa de abordar os sacramentos.
    sou catequista também e aproveitarei o material para trabalhar com meu grupo.
    Abraços fraternos e que o Espírito Santo continue te abençoando e que seus dons sejam renovados dia a dia.
    Isabel Cristina – Rio Negro – PR

  • Jaqueline

    oi eu baixei o caça palavras, mas estou tendo dificuldades de encontra as palavras inteligência e fortaleza desder ja agradeço ajuda   e o site é muito interessante.