DOCAT – Como agir?

R$ 36,00

Dando continuidade ao projeto do YOUCAT, o presente livro apresenta a Doutrina Social da Igreja numa linguagem jovem. Esta obra conta ainda com prefácio do Papa Francisco, que manifesta o sonho de ter um milhão de jovens leitores da Doutrina Social da Igreja, convidando-os a ser Doutrina Social em movimento.

Em estoque

Descrição

Transformar a sociedade com a força do Evangelho de fato sempre foi um desafio para os cristãos ao longo da história, sobretudo aos jovens, que várias vezes estão submersos em uma cultura e valores contrários à nossa fé. O DOCAT é uma tradução popular da Doutrina Social da Igreja Católica, tal como foi desenvolvida em importantes documentos desde Leão XIII. São especialmente os jovens que devem se sentir interpelados para ler os grandes documentos da Igreja no seu texto original e orientar a sua ação segundo as máximas da verdade, da justiça e do amor. O Papa Francisco apela aos cristãos para que se empenhem ativamente por um mundo ai justo: “Um cristão que não seja revolucionário neste tempo, não é cristão!”.

DOCAT é uma adaptação ilustrativa do Compêndio da Doutrina Social da Igreja com uma linguagem dialógica através de perguntas e respostas. O livro é um pequeno manual dos Ensinamentos Sociais da Igreja: “DO” vem do verbo “fazer” enquanto o “CAT” vem de “Catecismo”.

Esse novo livro da Coleção YOUCAT traz assuntos como amor, família, sociedade, o trabalho humano, a pessoa humana, os princípios da Doutrina Social etc. Ainda apresenta um desafio do Papa Francisco que sonha ver milhares de jovens cristãos que queiram transformar o mundo através da ação social e política com critérios enraizados nos ensinamentos do Evangelho: “Hoje vos convido a conhecer realmente a Doutrina Social da Igreja (…) Eu espero que um milhão de jovens, mais ainda, que uma geração inteira, seja para os seus contemporâneos, uma Doutrina Social em Movimento”.

Atualmente vivemos em uma sociedade que deixou de lado o amor ao próximo e a caridade, dando espaço para a violência e a vingança. Entretanto, a vocação do homem é amar. O amor corresponde à mais profunda essência do homem: ser amado e dar amor. O amor é a regra de ouro que faz com que estejamos abertos às necessidades do próximo. Portanto, exercite o amor ao próximo e o coloque em prática. Siga o exemplo maravilhoso de Jesus, que doou a sua vida para a remissão dos nossos pecados: “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei” (Jo 15,12).

“Pode treinar-se o amor ao próximo?
Sim. É mesmo muito importante.  O amor não é apenas um sentimento. O amor é também uma virtude, uma força que se pode treinar. Tornar-se mais corajoso, mais valente, mais justo, mais amável, é um autêntico desafio para cada cristão. Temos de nos treinar para contemplar o mundo a partir do ângulo de visão do outro. As pessoas de que nos aproximamos com um coração benevolente sentem-se levadas a sério como pessoas e podem expandir-se. Se nos exercitarmos a amar naquilo que é simples, com a graça de Deus estaremos em melhor condição para amarmos aí onde dói e onde não encontraremos correspondência no amor. Este é o caso no cuidado com os mais pobres e ainda mais quando temos de lidar de um modo novo com os nossos adversários: renunciando à vingança, à retaliação e à violência.”

Informação adicional

Dimensões 12.5 x 20.5 cm
Número de Páginas

320

Editora

Paulus Editora