Receba as novidades exclusivas de nossa rede :)

Cadastre-se

Quatro dicas para trabalhar a Campanha da Fraternidade (CF) nos grupos de jovens

Quatro dicas para trabalhar a Campanha da Fraternidade (CF) nos grupos de jovens

Durante o período da Quaresma, o tema da Campanha da Fraternidade deverá ser amplamente abordado na Igreja Católica no Brasil e, sem dúvida, os jovens são essenciais nessa discussão.

Para auxiliar o desenvolvimento da Campanha da Fraternidade nos grupos de crisma e de jovens, destacamos algumas atividades que podem ser organizadas nas paróquias e comunidades.

1. Palestras
A primeira coisa a fazer é entender um pouco mais sobre o tema em questão, qual é a problemática proposta, os impactos na vida dos jovens e na sociedade em geral. Para isso, você pode convidar profissionais que dominem a temática – dentro ou fora do meio religioso, mas que consigam ressaltar a juventude no tema – e despertem os jovens para, dentro da perspectiva cristã, compreenderem o espírito que rege a Campanha. Se for possível, encontre um jovem que possa falar para os jovens.

2. Debates
Agora que os jovens da paróquia já se aprofundaram um pouco no tema, é hora de abrir o debate para que todos possam se expressar e apresentar seus questionamentos. Esse exercício favorecerá o desenvolvimento do senso crítico e o aprendizado a partir do que for discutido.É importante ter um moderador para conduzir a dinâmica e ajudar os jovens a respeitarem o tempo para expor a reflexão. Outra forma de promover a atividade é já deixar preparados alguns tópicos para discussão, colaborando assim para o aproveitamento dos blocos de conversa, evitando fugir da proposta inicial.

3. Planos de ação
Após as discussões em grupos, sugerimos a criação de planos de ação, assumindo ao menos uma atividade desenvolvida em prol da Campanha da Fraternidade.Essa atividade pode ser desde ajudar a promover a CF dentro da paróquia até levar o tema para ser abordado em escolas, conselhos municipais ou onde for oportuno.É fundamental que os jovens tomem a iniciativa de alguma ação, para que o que foi abordado nas reflexões, seja consolidado e fique na memória como um ato.

4. Apresentações
A partir das propostas acima, os jovens serão protagonistas e estarão em sintonia com o objetivo da Campanha da Fraternidade.Aproveite todo o conhecimento adquirido e promova formas de expor o conteúdo à comunidade paroquial. Faça cartazes, exposições, apresentações artísticas, entre outras possibilidades. Use a criatividade em favor da construção de um mundo melhor.

Via Jovens Conectados

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *