Receba as novidades exclusivas de nossa rede :)

Cadastre-se

Recomeçar ou Morrer

img

A águia é a ave de maior longevidade. Chega a viver 70 anos. Mas para chegar a esta idade, lá pelos 40 anos precisa tomar uma decisão difícil. Não existe alternativa. E isto acontece porque as unhas flexíveis e compridas não mais conseguem agarrar suas presas, de que se alimenta. O bico alongado e pontiagudo se curva, apontando na direção do peito e as asas envelhecidas e pesadas, em função das grossas penas, não mais conseguem voar. Aparentemente, essa ave é um doente terminal.

SURGE a necessidade de uma decisão: morrer ou enfrentar um doloroso processo de renovação, que irá durar cerca de cinco meses. Ela se recolhe a um abrigo seguro, entre as rochas de uma montanha. Com decisão e teimosia, começa a bater com o bico na rocha até que ele acabe caindo. Depois espera, pacientemente, que cresça um novo bico e com ele vai arrancar as unhas e as penas. Somente 150 longos dias após ela renovada, em condições de viver mais trinta anos.

PROCESSO mais ou menos semelhante precisa acontecer com as pessoas. Em determinada etapa da vida, envolvida pela rotina, a pessoa não mais sente o sabor dos sonhos acalentados e, irremediavelmente, envelhece. Caminha encurvada, perde o brilho do olhar e chega à conclusão de que só resta esperar a morte. Esse é o momento da decisão. Ou sobrevive, amargurada, em meio às sombras, ou parte para a renovação.

RENOVAR-SE é redimensionar a própria vida, estabelecer novos limites e novas metas. É a hora da transformação. É a hora de começar a pensar mais nos outros do que em si mesmo. É a hora de valorizar mais as coisas do espírito. É a hora que se abre à extraordinária dimensão do serviço e da gratuidade. É a hora de organizar nova escala de valores.

POR VEZES, as pessoas fazem confusão, não distinguindo valores de costumes. Os primeiros são permanentes, os outros são secundários. É sempre bom aprender a negociar com os outros e admitir, afinal, que ele não é o dono da verdade. Todo ganho supõe uma perda. Toda perda pode-se abrir para um ganho.

EM QUALQUER etapa da vida podemos descobrir novos valores. O Evangelho nos mostra que é possível sempre recomeçar. É evidente que isso tem um preço a ser pago. É preciso jogar fora muita coisa do passado, mas a recompensa será voar novamente e viver em plenitude até o fim.

Por Dom Itamar Vian

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *