Teatro para o mês da Bíblia

0 428
Seção: Bíblia Autor: Comentários: 0

Compartilhe

Música:

(Entram os dois…)

P1: Num distante lugar, onde não sorriam os lábios.

P2: Onde não brilhavam os olhos.

P1: Onde não cantavam as vozes.

P2: Havia uma pessoa…

P1: Passava a maior parte de sua vida a pensar.

P2: Já pensara sobre tudo: o sol… a lua… a terra… as árvores…

P1: Só não pensara sobre sua própria vida.

P2: Quando o fez pela primeira vez, entrou em depressão.

P1: Percebera que, até então, havia sido um inútil.

P2: Um inútil.

Música:

(Entra o jovem e senta. Em seguida, entram Dr. Tudo Sabe e Dr. Sabe Tudo. O jovem levanta e começam o diálogo.)

Dr. Tudo Sabe: O que faz você aí, com olhar tão preocupado?

Dr. Sabe Tudo: Deixa o tempo correr, sem ter nada para fazer?

Jovem: Faço aquilo que sempre fiz: pensar. Só que, de tanto fazê-lo, tornei-me um inútil.

Dr. Tudo Sabe: É… pensar demais não é muito
bom. (Sentando)

Dr. Sabe Tudo: (Sentando) Minha mãe já dizia: “quem pensa não casa, quem casa não pensa”.

Jovem: O meu caso não é este não…

Dr. Tudo Sabe: Mas nós…

Dr. Sabe Tudo: Mas nós sempre temos resposta para todos os problemas.

Dr. Tudo Sabe: Isso mesmo, jamais erramos!

Jovem: Mas, afinal, quem são vocês?

Dr. Sabe Tudo: Dr. Sabe Tudo e Tudo Sabe!

Dr. Tudo Sabe: Ao seu dispor!

Jovem: Meu problema é existencial. Tudo começou quando passei a refletir sobre a miséria do mundo.

Dr. Sabe Tudo: Ah, os pobres são a causa do seu problema?

Dr. Tudo Sabe: Simples! Mate a todos e seu problema acabará.

Jovem: Isso não resolveria nada! Comecei também a observar a falta de fé, que a cada dia diminui nas pessoas. As igrejas com pouca gente…

Dr. Sabe Tudo: Claro, claro! Para acabar com as igrejas basta fazer uma coisa.

Dr. Tudo Sabe: Explodi-las todas.

Jovem: Vocês não estão ajudando em nada.

Dr. Sabe Tudo: Quem sabe um de nossos livros o ajude.

Dr. Tudo Sabe: Temos aqui um livro de química, matemática, geografia, história, uma bíblia…

Jovem: Uma bíblia? Alguém já me falou sobre este livro…

Dr. Sabe Tudo: Gostou? Pode ficar. Olha, a gente tem que ir andando (levantando).

Dr. Tudo Sabe: Qualquer probleminha, chame os doutores Tudo Sabe e Sabe Tudo. E nós resolveremos o seu problema.

Jovem: Valeu pelo presente. Muito obrigado. É, meio loucos, mas eram simpáticos.

(O Jovem senta num canto e fica lendo a bíblia.)

Música:

(Retornam os Personagens 1 e 2)

P1: Aquele livro não mudou a vida do Jovem da noite para o dia.

P2: Porém, ajudou-o a tomar uma decisão.

P1: A decisão de ser resposta para muitos dos problemas no mundo.

P2: E tudo a partir de uma mensagem que ele leu em certo momento:

Jovem: (Na frente, com a Bíblia) “Se queres ser perfeito, vende o que tens, dá aos pobres e terás um tesouro no céu; depois, vem e segue-me!”.

Música:

(Durante a música, a bíblia é colocada num lugar de destaque. Se for à noite, seria bom focalizar uma luz para ela. Em seguida, apresenta-se o jogral que segue.)

P1: Não é estranho que uma nota de R$ 10,00 “pareça” tão grande quando ajudamos um pobre e tão pequena quando gastamos nas lojas?

P2: Não é estranho que pareça tão demorada uma hora quando servimos a Deus, mas tão rápido o tempo quando assistimos a um jogo de futebol?

Jovem: Não parece estranho que pareça interminável uma hora na igreja e passe tão rápido um filme de duas horas?

P1: Não parece estranho como muitas vezes as pessoas buscam os assentos da frente para aparecer, e como se colocam sempre nos últimos assentos da igreja?

P2: Não parece estranho o quanto seja difícil ler um capítulo da Bíblia, e quão fácil ler 100 páginas de um romance popular?

Jovem: Não parece estranho quão difícil seja compartilhar com os outros a Palavra de Deus, e quão fácil é contar uma piada ou coisa semelhante?

P1: Não é estranho que muitos pretendam ir ao céu, sem se esforçar para merecê-lo?

P2: Não parece estranha a facilidade com que acreditamos nos jornais e na televisão, mas questionamos o que afirma a Bíblia?

TODOS: Mas nós acreditamos firmemente na Bíblia. Ali (apontando para a Bíblia) estão as palavras da vida.

Música:

(Entram todos os participantes e se despedem do público.)

Pe. Sérgio Jeremias de Souza

Redação

O site e a revista digital Sou Catequista é um projeto da agência Minha Paróquia para a formação e interatividade entre os catequistas do Brasil e países de língua portuguesa. Saiba mais: http://soucatequista.com.br/quem-somos

Veja a lista de artigos publicados por Redação

Queremos saber a sua opinião! Deixe aqui o seu comentário: