Título Original: I Am Sam

Gênero: Drama
Tempo de Duração: 132 minutos

Ano: 2001

Direção: Jessie Nelson

O filme “Uma Lição de Amor” é a comovente história de Sam Dawson (Sean Penn), um “beatlemaníaco”, que depois de passar uma noite com uma mulher da rua, – esta o seduziu com o propósito apenas de encontrar um lugar para morar –, torna-se pai solteiro de uma linda garotinha. Após o nascimento da criança, ambos são abandonados por essa mulher. Sam, com a ajuda de seus amigos especiais, assume a tarefa de criar a criança. Ele se revelou um pai apaixonado pela filha. Extremamente ligados um ao outro, pai e filha estabelecem uma relação sadia e repleta de amor. Cuidou da filha Lucy (Dakota Fanning), com toda dedicação e amor. A convivência entre eles foi tranquila até que ela completasse seus 7 anos e entrasse para a escola. Sam tem uma característica especial: é um adulto com a idade mental, a inocência e a sinceridade de uma criança de sete anos.

A escola, ao provocar uma aproximação com o pai de Lucy, tem acesso sua situação familiar. As pessoas começam a perceber a característica especial de Sam. Essa é vista, por muitos, como uma grave deficiência que impossibilita o ser pai. Como Sam não tem o desenvolvimento mental igual ao da maioria das pessoas, chama a atenção das autoridades. É quando surge uma assistente social que, depois de avaliar a situação, temendo que a deficiência de Sam trave o crescimento de Lucy, resolve levá-la a um orfanato, para que seja adotada por uma outra família. Decide que Sam não tem maturidade suficiente e nem preenche as mínimas condições para cuidar de Lucy.

Lucy, em sua pureza de criança, percebe a situação e compreende que corre o risco de perder a proximidade amorosa de seu pai. Propositalmente decide ficar para trás na sua classe, na esperança de não ser avaliada como mais amadurecida do que Sam.

A justiça decide tomar uma providência. Sam perde a guarda da filha e a criança é levada para um orfanato e encaminhada para a adoção. Esta situação o levará a enfrentar, com determinação, enormes barreiras jurídicas e preconceituosas, para muitos consideradas intransponíveis. Sam conta com a ajuda da experiente advogada Rita Harrison (Michelle Pfeiffer). Esta decide aceitar o caso de graça a partir de um desafio que seus colegas de profissão lhe fizeram.

Embora procure passar uma imagem de pessoa dura e centrada, Rita é uma mulher frágil e vulnerável. O contato com Sam causa um profundo impacto na conturbada vida da advogada que, ao contrário de seu cliente, se dedica cada vez menos tempo a seu filho.

Juntos, Sam e Rita tentarão provar que o amor incondicional é o presente mais valioso que um pai pode dar a seus filhos, ainda que não possa ajudar na lição de casa.

Entre os méritos do filme, destacamos o fato de sua trama nos levar a pensar sobre o que realmente é melhor para uma criança em uma situação como a de Lucy. O amor do pai é suficiente? A característica especial de um desenvolvimento mental diferente do pai limita o futuro da criança? Qual a principal função dos nossos genitores, amar-nos ou instruir-nos? E você o que pensa a respeito?

O filme apresenta argumentos para os dois lados. Apesar da profundidade da trama, o enredo traz uma leveza contagiante em seu desenrolar. A trilha sonora é memorável, com inúmeras bandas interpretando alguns dos maiores clássicos dos Beatles. O resultado não é apenas “uma lição de amor”, mas também uma lição de vida. “Uma Lição de Amor” é um filme sensível sobre amor, laços familiares e a difícil luta de pais e filhos para sobreviverem num mundo repleto de desafios.

 

Leave a Comment