Receba as novidades exclusivas de nossa rede :)

Cadastre-se

Depois de um fracasso é que se revela a vitória

img

Os discípulos de Jesus não acreditaram no que estavam ouvindo. A decepção invadira e tomara conta dos seus corações. Parecia que estavam sonhando. As palavras do Mestre eram duras demais para que entendessem: “O Filho do Homem deve sofrer muito, ser rejeitado pelos anciãos, pelos sumos sacerdotes e doutores da Lei, deve ser morto e ressuscitar no terceiro dia” (Lucas 9,22). Esperavam Jesus vitorioso e se deparavam agora com o Senhor que passaria pelas veredas do fracasso. Isto não entrava em suas cabeças, e muito menos em seus corações.

 E para complementar a perplexidade de todos, ainda ouviram: “Se alguém me quer seguir, renuncie a si mesmo, tome sua cruz cada dia e siga-me” (Lc 9,23). Era demais! Deixar de lado os seus projetos, as suas aspirações os seus sonhos… Somente poderiam segui-lo com esta condição. Esta seria a maior de todas as cruzes.

Teriam também que perder a vida por causa Dele. E o que restaria para eles? Nada. Nada. Nada.

Tudo isso Jesus nos diz a cada um de nós, hoje, agora, enquanto lemos esta página. Mesmo sem entenderem coisa alguma e decepcionados, os discípulos O seguiram. Jesus não interfere em nossa liberdade. Não nos impõe nada. Precisamos saber que apesar das provações, tribulações e percalços da vida, Jesus é o melhor de todos os caminhos, porquanto somente Ele é o Caminho. É hora de segui-Lo também.

Paz e Luz
Por Antonio Luiz Macêdo

Leia mais Artigos do Autor:

A Bíblia em perguntas e respostas

Evangelização Integrada

Catequese Católica (busque em Colunistas)

Fragmentos de Salmos (Salmo em negrito)

Gota de Esperança

Sou Catequista (busque em Artigos)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *