Receba as novidades exclusivas de nossa rede :)

Cadastre-se

Padre explica como participar bem da Santa Missa em casa

img

Medidas de prevenção em função do avanço do novo coronavírus (covid-19) têm sido adotadas por arquidioceses, dioceses e paróquias no Brasil. Em sintonia com as orientações do Ministério da Saúde, em alguns locais, a participação de fiéis na Missa foi suspensa para evitar contágio; os fiéis estão desobrigados de participarem das missas dominicais e também das celebrações em dias santos. A alternativa encontrada pelos católicos, para se manterem em comunhão com a Igreja, é a participação da Santa Missa através dos meios de comunicação, seja pela TV, rádio ou internet.

Padre Edison de Oliveira, membro da Comunidade Canção Nova, destaca que a Santa Missa vivida por intermédio dos meios de comunicação ajudará cada fiel a expressar também a comunhão com o sofrimento de cada irmão. “A participação pela TV nos ajudará a apreender a liturgia da Palavra e alimentará o desejo profundo de acolhermos o momento da liturgia eucarística com profunda gratidão e respeito, porque é o sacrifício de Jesus no calvário que se faz presente ali na celebração de forma sacramental”.

Para viver bem a Santa Missa em casa, o sacerdote recomenda que cada fiel procure participar por inteiro da celebração, mesmo não estando presente fisicamente. “A atenção não deve estar apenas no que se refere à liturgia da Palavra, mas no conjunto da celebração”, frisou.

Sobre a importância da família assistir junta à celebração, padre Edison declara: “Esta atitude não deixa de ser catequética. Ajuda a formar a consciência de que não estamos sozinhos. Temos Deus em primeiro lugar. E temos uns aos outros. Somos ajudados e podemos nos ajudar”.

Os pais, de acordo com o sacerdote, devem deixar bem claro para as crianças que não se trata de um programa qualquer ou algo assim, mas se trata da transmissão da celebração do Santo Sacrifício. “É interessante que os adultos recordem as crianças sobre o local onde a Santa Missa está acontecendo e os motivos pelos quais a comunidade cristã não pode se reunir neste tempo. E dizer ainda que, mesmo pela TV, devemos dizer para Deus o desejo que temos de estar ali presentes no local onde a Missa está acontecendo”.

No momento da consagração, o sacerdote aconselha os fiéis a redobrarem a consciência de que lá, naquele local onde está sendo transmitida a Missa, acontece o grande milagre, as espécies eucarísticas se tornam o Corpo, Sangue, Alma e divindade de Jesus. “Por ser uma realidade sobrenatural, esta, mesmo acontecendo à distância, me alcança também. Devo participar com muita piedade deste momento”, completou.

Ao mencionar a comunhão espiritual, padre Edson explica: “Mesmo com a distância e com a ausência da comunhão sacramental, os católicos devem expressar o desejo de estarem ali e ao mesmo tempo pedir a Jesus Eucarístico que em sua grande misericórdia os alcance em suas limitações”. Este é um momento que, segundo o sacerdote, exige reflexão, oração e ação de graças a Deus por permitir que homens e mulheres participem da Santa Missa, mesmo de longe.

Via Canção Nova

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *