Receba as novidades exclusivas de nossa rede :)

Cadastre-se

Pequena Miss Sunshine

img

 

PEQUENA MISS SUNSHINE

Diretores: Jonathan Dayton, Valerie Faris

EUA – 1h41m

 

A sociedade contemporânea cobra dos jovens perfeição e ideais de beleza que nem sempre são atingíveis e lhes causa frustração. Este filme é uma bela história para se refletir sobre a beleza da autoaceitação!

 

Nenhum membro da família é exatamente equilibrado, mas não é por falta de tentativas. Richard (GREG KINNEAR), o pai, é um palestrante motivacional e otimista incorrigível que tentadesesperadamente vender seu programa de nove etapas para o sucesso – sem muito sucesso. Enquanto isso, a mãe dos Hoover, “a favor da franqueza”, Sheryl (TONI COLLETTE), é assombrada constantemente pelos segredos excêntricos da família, principalmente os de seu irmão Frank (STEVE CARELL), uma cadêmico com tendências suicidas especializado em Proust, que acaba de sair do hospital depois de levar um fora do namorado.

 

Em seguida, temos os membros mais jovens da família com seus sonhos improváveis: a menina de óculos, ligeiramente rechonchuda, de sete anos, candidata a rainha da beleza, Olive(ABIGAIL BRESLIN), e Dwayne (PAUL DANO), o adolescentemovido a raiva, leitor de Nietzsche, com um firme voto de silêncioque pretende manter até entrar na Academia da Força Aérea. Completa a família o avô (ALAN ARKIN), um desbocado hedonista, recentemente expulso de sua casa de repouso por consumo de heroína. Eles podem não ser o retrato da saúde mental perfeita, mas quando por um engano Olive acaba recebendo um convite para participar do concurso extremamente competitivo “PequenaMiss Sunshine”, na Califórnia, toda a família a acompanha. Eles se amontoam em sua Kombi enferrujada e iniciam uma jornada tragicômica de três dias, repleta de surpresas alucinadas que levam à grande estreia de Olive, que mudará toda essa família desajustada de maneiras que ela jamais poderia imaginar.

 

A beleza vem de dentro. Os momentos finais, durante o concurso de beleza, conotam tudo que o filme quer mostrar: um grupo de pessoas normais que, ironicamente, são como corpos estranhos num ambiente cheio de pessoas que buscam a perfeição, funcionando como um microcosmo da própria sociedade.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *