Por que a Igreja celebra a Natividade de São João em 23 de junho este ano?

Geralmente, a Natividade de São João é celebrada no dia 24 de junho

O Novo Calendário Romano Geral prevê a celebração da Natividade de São João Batista em 24 de junho. Trata-se de um solenidade, o que significa que a data deveria ser sempre celebrada no dia 24 de junho, mesmo que caísse em um domingo.

Entretanto, neste ano (2022), ela cai no mesmo dia da Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, que é celebrada na sexta-feira seguinte ao Domingo da Santíssima Trindade e, portanto, muda a cada ano.

O que é preciso ficar claro é que as celebrações litúrgicas obedecem as precedências indicadas nas “Normas Universais do Ano Litúrgico e o Novo Calendário Romano Geral”. O documento apresenta uma “tabela dos dias litúrgicos” de acordo com uma ordem de precedência. A ordem é a seguinte:

“1. Tríduo Pascal da Paixão e Ressurreição do Senhor;

2. Natal do Senhor, Epifania, Ascensão e Pentecostes.
Domingos do Advento, da Quaresma e da Páscoa.
Quarta-feira de Cinzas.
Dias da Semana Santa de segunda à quinta-feira inclusive.
Dias dentro da Oitava da Páscoa;

3. Solenidades do Senhor, da bem-aventurada Virgem Maria e dos santos inscritos no calendário geral.
Comemoração de todos os fiéis defuntos (…)”.

Em outras palavras: as solenidades de Nosso Senhor têm precedência sobre algumas outras, inclusive as dos santos. Portanto, a Natividade de São João, neste ano de 2022, teve de mudar de dia para que o Sagrado Coração de Jesus fosse celebrado no dia 24 de junho.

Por que no dia 23?

As “Normas Universais do Ano Litúrgico” também preconizam que:

“A solenidade impedida por um dia litúrgico, que goze de precedência, seja transferida para o dia livre mais próximo”.

Neste ano, o dia mais próximo é 23 de junho. E, teologicamente, faz sentido que a festa de São João Batista, que preparou o caminho do Senhor, seja celebrada antes do Sagrado Coração de Jesus.

FONTE: Aleteia

Leave a Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.