Receba as novidades exclusivas de nossa rede :)

Cadastre-se

Pro dia nascer Feliz

img

“Pro dia nascer Feliz”

Duração: 88 minutos

Direção: João Jardim

O documentário “Pro dia nascer feliz” retrata a grande desigualdade nos modos de se fazer e receber educação no Brasil. Através do dia a dia das escolas de três diferentes estados: Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo, o filme expõe a fragilidade do sistema educacional e de seus principais personagens: alunos e professores; e a divisão do sistema brasileiro de ensino em público e privado. Além disso, evidencia diferentes realidades das “juventudes”.

Para o diretor João Jardim, “Pro dia nascer feliz é muito mais uma discussão sobre desperdício, falta de oportunidades que tem o jovem brasileiro”. Esse desperdício a que se refere o diretor, é expresso logo na primeira cena do filme por uma voz adolescente: “Às vezes as pessoas realmente tem que deixar de lado aquilo que elas acreditam pra se conservar a vida.” Deixar de lado aquilo que se acredita é deixar de lado a motivação para ser alguém, para estudar, para se tornar um cidadão capaz de perceber e alterar a realidade. Essa fala é o retrato mais fiel de que tudo vai mal e que é necessário a construção de uma nova cultura escolar que humanize um pouco o mundo desumanizado no qual nos encontramos e que nos arrasta imperdoavelmente a pensar que “as coisas são como são e nada se pode fazer diante disso”. Esse é, de fato, o desperdício, que se dá pela desigualdade ao acesso a uma educação de qualidade e mínimas condições de se estudar, como o transporte.

Há uma enorme distância entre o currículo das escolas e a vida dos jovens, além das péssimas condições de várias escolas. O documentário revela bem o contraste e as questões que impedem o acesso do jovem à escola.

Bom filme para ser discutido no grupo de catequistas: o que questiona em relação a educação também serve para à catequese. É importante fazer da catequese um processo que leve em conta a vida do catequizando e que ajude a transformar a existência. Também será bom para discussão com os jovens da catequese da crisma, pois apresenta a realidade da juventude.

É possível assistir o documentário no vídeo acima.

 

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *