Receba as novidades exclusivas de nossa rede :)

Cadastre-se

A Era da Estupidez

img

A Era da Estupidez

Direção: Franny Armstrong

EUA, 2009, 100mi

O filme “A era da estupidez” (The Age of Stupid), é provocativo, impactante. Um olhar crítico sobre a demora dos atuais governantes em lidar com a crise climática. “A era da estupidez” questiona o imobilismo humano diante da ameaça do aquecimento global.

“A era da estupidez” se passa em 2055 e tem no papel principal o ator inglês Pete Postlethwhaite, indicado para o Oscar em 1994. Ele interpreta o “arquivista”, um homem solitário que vive num mundo devastado pelo aquecimento global e que consome seu tempo catalogando o passado. No filme, Postlethwhaite examina imagens de 2007 e se pergunta por que a humanidade não tomou providências contra a crise climática quando ainda havia tempo.

As alterações no clima do planeta ilustradas pelo filme não são apenas ficção científica. O Ártico sem gelo, Londres submersa e Austrália em chamas retratam os impactos do aquecimento global em cenários extremos, mas plausíveis. Como as mudanças climáticas não podem ser revertidas, os impactos dependem do que será feito agora para reduzir as emissões de gases estufa.  O filme quer nos fazer compreender que ao combater o aquecimento global, além de evitar as catástrofes, os países tem a oportunidade de proteger as florestas, inovar tecnologias para geração de energia e gerar empregos verdes.

O filme impacta porque revela a falência do modelo de desenvolvimento econômico e instiga uma revisão dos padrões de produção e consumo. Impele a um consumo responsável e estimula uma postura crítica sobre o modelo em curso no capitalismo mundial.

Um filme que vale a pena ser exibido e discutido em grupos, escolas, comunidades e igrejas.

 

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *